Para consultas médicas:
+44 (0)20 3053 6709
City of London, EC4R 2SU

BLOG DOS DOUTORES

Informação e Dicas de Saúde atualizados semanalmente pelos doutores da Messina.

sexta, 28 abril 2017 - ENTENDA TUDO SOBRE A FAMOSA ‘HAY FEVER’

A primavera chegou, e com ela uma coceirinha no nariz, nos olhos e espirros também chegaram...Atenção, você pode ter a famosa Hay Fever!

 

A Febre do Feno é causada por uma alergia ao pólen. Os sintomas mais comuns são: corisa, coceira e/ou obstrução nasal, espirros e coçeira nos olhos. Os tratamentos mais comuns são um spray nasal anti-histamínico (ou a base de esteróides) ou medicamentos via oral e injetáveis.

 

O que é a Febre do Feno?

O pólen é o nome dado ao pó fino que é produzido pelas plantas, árvores ou flores para fecundar outras plantas, árvores e flores da mesma espécie. Em outras palavras, a febre dos fenos é causada por uma alergia ao pólen das gramíneas ou feno. O pólen de gramíneas é a causa mais comum e tende a afetar pessoas todos os anos geralmente nos meses de maio a julho (final da primavera ao início do verão).

Os sintomas são decorrentes da reação do seu sistema imunológico ao pólen. As células do revestimento do nariz e dos olhos são afetadas pela liberação de histamina entre outros, quando entram em contato com o pólen. Isto causa a inflamação no nariz (rinite) e olhos (conjuntivite). Às vezes os seios nasais e garganta também podem ser afetados.

A febre do feno é também chamado de rinite alérgica sazonal, porque os sintomas tendem a ocorrer ao mesmo tempo, ou na mesma estação, a cada ano.

 

Quem pode ter a febre do feno?

A febre do feno é muito comum. Ela afeta 2 em cada 10 pessoas no Reino Unido. Muitas vezes, primeiro se desenvolve em crianças em idade escolar e durante os anos da adolescência. Os sintomas retornam na mesma temporada de cada ano, mas finalmente desaparece ou melhora em muitos casos, (muitas vezes depois de ter tido os sintomas durante vários anos).

A febre do feno tende a atacar todos os membros da mesma família. Tem também mais probabilidades de se desenvolver se você já tem asma ou eczema. Inversamente, se você tiver febre de feno, ficará mais propenso a desenvolver asma ou eczema. As condições de asma, eczema e febre do feno são conhecidos em conjunto como "atópico" ou "atopia".

 

Quais são os sintomas da febre do feno?

Os sintomas da febre do feno podem variar de pessoa para pessoa. Algumas pessoas só têm sintomas leves, que tendem a ir e vir. Outras, podem ser seriamente afetadas com sintomas que estão presentes todos os dias durante a estação polínica.

Os sintomas mais comuns incluem uma corisa e coceira no nariz, nariz entupido, espirros, olhos irritados, vermelhos e lacrimejantes bem como coçeira na garganta. Em alguns casos,  os sintomas ocorrem apenas no nariz e, em outros, os sintomas só ocorrem nos olhos.

Os sintomas menos comuns incluem a perda do olfato, dor facial, sudorese e cefaléia. Os sintomas da asma - como chiado no peito e falta de ar - podem piorar, ja que algumas pessoas os têm apenas durante a época da febre do feno. Por vezes, os sintomas podem ser tão ruins, que algumas pessoas podem ter o sono afetado, interferindo na vida escolar, em exames ou no trabalho.

 

Como a febre do feno é diagnosticada?

O seu médico pode geralmente diagnosticar a febre do feno a partir dos sintomas típicos que podem ocorrer nesta época. E também perguntar se há um histórico na sua família da febre do feno, asma ou eczema.

Quando há suspeita da febre do feno, o seu médico geralmente indica o tratamento para seus sintomas. Se os sintomas respondem ao tratamento, isto pode ajudar a confirmar o diagnóstico. Em casos raros, quando há dúvida no diagnóstico, o seu médico pode sugerir exames de sangue ou teste cutâneo para confirmar a sua alergia ao pólen.

 

Será que vai ajudar se eu evitar o pólen?

É impossível evitar totalmente o pólen. Entretanto, os sintomas tendem a ser menos graves se você reduzir a sua exposição a ele. A contagem de pólen é o número de grãos de pólen por metro cúbico de ar. Esta contagem, é dada frequentemente na TV, rádio, internet, jornal ou nas previsões meteorológicas. Se a contagem de pólen for acima de 50, as seguintes medidas podem ajudar:

 

- Fique em ambientes com as janelas e portas fechadas, sempre que possível;

- Evite cortar a grama ou caminhar por ela nos parques;

- Banhe-se e lave o cabelo depois de estar ao ar livre, especialmente depois de passar próximo à parques;

- Usar óculos de sol quando ao ar livre;

- Mantenha janelas do carro fechadas.

 

Quais são os tratamentos comumente usados?

As opções de tratamento comumente usadas para a febre do feno são: sprays anti-histamínicos para o nariz, comprimidosde anti-histamínicos, sprays nasais esteróides, e colírios. Se os sintomas da febre de feno não são controlados com a medicação após 2 - 4 semanas, você deve discutir este assunto com seu médico. Talvez você precise de um tratamento diferente ou que seja adicionado um outro tratamento.

Se estiver tomando medicação regularmente, a febre do feno será bem controlada e você deve continuar o tratamento até o final da temporada de polinização.

 

Anti-histamínicos em spray nasal

A dose de um spray nasal anti-histamínico pode rapidamente aliviar o prurido e espirros, em regra, dentro de 15 minutos. Porém, pode não ser tão bom para aliviar o congestionamento.

Os anti-histamínicos funcionam bloqueando a ação da histamina. Esta, é uma das substâncias químicas envolvidas nas reações de alergia. Um spray pode ser usado necessáriamente se você tiver sintomas leves ou regularmente para manter os sintomas à distância.

 

Os comprimidos de anti-histamínicos (comprimidos ou líquido)

Os anti-histamínicos por via oral são uma alternativa. Eles melhoram a maioria dos sintomas, mas podem não ser bons para aliviar a congestão nasal (nariz entupido). Eles também são geralmente dados às crianças pequenas ao invéz de um spray nasal. A dose geralmente funciona dentro de uma hora. Portanto, pode ser tomado se os sintomas forem leves, ou irem e virem. Podem também ser tomados regularmente se os sintomas ocorrem todos os dias.

Existem várias marcas de anti-histamínicos que você pode comprar em farmácias ou obter a receita médica. Atente que, algumas marcas mais antigas, podem deixar algumas pessoas sonolentas, de modo que não deve ser tomado se for dirigir ou operar máquinas. As marcas mais recentes, causam menos sonolência. Basta perguntar ao farmacêutico.

Se você estiver grávida ou amamentando recomenda-se evitar os anti-histamínicos, se possível. O tratamento com um spray nasal de esteróides geralmente é tentado inicialmente.

 

Sprays de esteróides

Demora alguns dias para um spray de esteróides “criar” a sua plena eficácia. Portanto, você não vai ter um alívio imediato dos sintomas quando você iniciá-lo. Em algumas pessoas, pode demorar até três semanas (ou mais) para ser totalmente eficaz. Portanto, insista, e caso você já tenha tido a fibre do feno, é melhor começar a aplicar o spray algumas semanas antes da polinização.

Um spray nasal esteróide tende a ser o tratamento mais eficaz quando os sintomas são mais severos. Também pode ser usado em conjunto com anti-histamínicos, se os sintomas não são totalmente controladas por um ou outro sozinho. No entanto, uma vez que os sintomas tenham desaparecido, a dose de um spray esteróide muitas vezes pode ser reduzida a uma dose de manutenção para manter os sintomas a distância. Existem várias marcas que você pode comprar em farmácias. Os efeitos colaterais ou problemas com sprays nasais esteróides são raros (leia a bula para detalhes).

 

Colírio

O colírio anti-histamínico trabalha rapidamente, para que você possa usá-lo para aliviar os sintomas de olho. Você também pode usá-los regularmente, se necessário.

 

O tratamento para sintomas graves

Raramente, um breve período de tratamento com comprimidos de esteróide é prescrito. Os esteróides normalmente funcionam bem para reduzir a inflamação e, em um curto período de tratamento, são geralmente seguros. No entanto, você não deve tomar os comprimidos de esteróides por longos períodos para tratar a febre de feno, pois graves efeitos colaterais podem desenvolver.

 

ÚLTIMO RECURSO: A IMUNOTERAPIA

Este tratamento, é por vezes utilizado, nos casos onde os sintomas são graves e resistentes a outros tratamentos. Isso é feito utilizando uma série de injeções do alérgeno (neste caso, pólen), em quantidades crescentes.

A idéia é deixar o seu sistema imunológico "insensível" ao pólen. Isto significa que, a resposta alérgica que seu corpo monta quando é exposta ao pólen, no futuro, será reduzida, melhorando assim os seus sintomas.

 

Como este assunto é muito abrangente, se você tiver alguma dúvida, pode escrever para info@messinaclinic.co.uk que vou ficar feliz em ajudar. 



Por: Flavio Messina
Fonte: messinaclinic.co.uk

 
 
 
ENTENDA TUDO SOBRE A FAMOSA ‘HAY FEVER’

Postagens populares
Alergias alimentares na infância

10/03/2016 - Alergias alimentares na infância  


Por que os imigrantes brasileiros têm a maior incidência de HIV em Londres?

29/07/2016 - Por que os imigrantes brasileiros ...  


Alerta de verão: câncer de pele aumenta na Inglaterra

04/08/2016 - Alerta de verão: câncer de pele au...  


Síndrome do Pânico e agorafobia: o que são e seus sintomas!

02/10/2016 - Síndrome do Pânico e agorafobia: o...